@lendo_por_ai

"É possível justificar um ato de crueldade quando, por trás dele, há a intenção de fazer o bem?" Aos 8 anos, David foi forçado a assistir ao assassinato brutal de seus pais. Sua vida, depois disso, não pode ser descrita como tranqüila. Nos anos que se seguem, seus valores morais mostram-se deturpados e seu ódio cresce. Vinte e quatro anos após o acontecido, David resolve tentar solucionar a dúvida que o atormenta: seria a personalidade dele fruto da brutalidade do assassinato que presenciou, ou o mal já teria nascido com ele? Para isso, planeja matar 5 casais aleatórios, seguindo o ritual exato do assassino de seus pais. O objetivo é um acompanhamento psicológico a longo prazo, das 5 crianças. David alicia William, um jovem e renomado psicólogo, cujo trabalho "Como Se Tornam Adultos", mesmo incompleto devido à dificuldade quanto ao estudo científico dos casos, já era considerado revolucionário em seu meio. Seria William capaz de compactuar com tamanha monstruosidade, mesmo que o acompanhamento destas crianças possa responder suas dúvidas e ajudar muitas outras vítimas?
Ao longo da trama, vemos Artur (❤️), Detetive de Polícia e portador da Síndrome de Asperger, tentar solucionar os misteriosos assassinatos.

Eu não consigo nem começar a descrever o quanto eu AMEI este livro. AMEI. Mesmo. Prendi a respiração várias vezes. Chorei mais algumas. @gus_avila , adorei a maneira como você escreve. Simples e direta. Perfeita. Os personagens são incríveis, a trama então, não preciso nem falar. Só pelo prazer de ter lido seu livro, já valeu a lambança que eu fiz com esse sangue falso (a foto tinha que ser mais que perfeita, pra fazer jus.. 😉).Já quero ler qualquer coisa que vc escreva.
A única coisa que eu posso dizer para quem ainda não leu "O Sorriso da Hiena" é: LEIA.

Gustavo Ávila