@booksmood

Encontrando um tempinho para falar sobre um livro espetacular. 
O Sorriso da Hiena, primeira obra do autor Gustavo Ávila, é um thriller policial que mexeu muuuito comigo. 
Pra começar a explicar o motivo de eu ter gostado tanto dele, deixo claro que ele foi um dos únicos livros nacionais que li depois de adulta. Ok, me julguem! Melhor assumir do que bancar a grande leitora da literatura nacional. Por conta desse leve preconceito, pesquisei um pouquinho além do normal sobre ele para ver se o enredo me interessava. De cara já fez a minha cabeça.
A leitura me prendeu de uma maneira que, mesmo doente não tinha vontade de parar de ler nem por um minutinho.
Você consegue perceber a dedicação e o estudo do autor na construção do livro, que tem uma trama pra ninguém botar defeito. Ele vai direto ao ponto, sem enrolação. Os personagens são bem elaborados e conseguem cativar o leitor. Apesar do sentimento ruim que deve dar em todo mundo, quando vemos os caminhos que eles decidem seguir, a leitura fica cada vez mais surpreendente e difícil é largar. 
O final foi demais. Amo quando o autor tem a preocupação de deixar parte da história por conta da nossa imaginação, nos deixando livres para fazermos julgamentos dos valores humanos. 
Ah, já  ia me esquecendo de um ponto super importante, que me fez gostar ainda mais da leitura. Como rola um preconceitozinho bobo por aqui, o fato de ele não ter citado nomes de cidades, bairros e ruas, fez com que eu não sentisse um impacto forte da leitura, que a caracteriza-se como nacional. Parece bobo, mas para mim não é. Kkkk Ajudou bastante. 
É isso, leitura mega recomendada.
Olha, quero ler todos os livros que o @gus_avila lançar, ainda mais se ele continuar seguindo o mesmo estilo. 
Sinto que agora as portas do meu coração estão se abrindo para a literatura nacional, mas é claro que eu não vou com tudo, as pesquisas continuam. Hehe
Quem quiser pode indicar bons livros nacionais aqui. Vou adorar. 

Gustavo Ávila